Jogando no mesmo "time"...

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010
Time Feminino Tricolor, gente não podia ser outro, sorry!!!

Quando entrei nesse relacionamento nunca imaginei que tantas coisas aconteceriam.
Uma das coisas que mais gostei foi de ter conhecido muitas garotas na mesma situação que eu.
E durante essa semana vi duas delas em situações que eu já vivi, e para não sofrer foi necessário um pouco de jogo de cintura, maturidade e enfrentar de frete a situação.
Amor, saudade, querer se conhecer o mais rápido possível, ciúmes, insegurança.. ficaria enumerando horas todos os sentimentos em comum que sentimos, cada uma em circunstâncias diferentes, mas n deixamos de passar por muitas coisas iguais.
E conversando com essas duas "companheiras" de time pude reparar de coisas que passei a algum tempo e recentemente, elas tbm passam.


Ambos somem sem dar um sinal de vida, e por dias deixam nós aflitas sem notícias. Pra mim isso foi o pior de tudo.


No início achei realmente que Javed era diferente, viajava as vezes pensando como ainda era possível haver no mundo um homem tão romântico, carinhoso, amoroso.. tudo oso..... 
É só parar para raciocinar.... Amigas não quero decepcionar ninguém mas essa é a tática....... e não é tão diferente da de nossos brasileiros, lógico que aqui rolam outras coisas em outro nível, mas n deixa de ser. 
Lá me parece que é da mesma forma...... tipo enchem a p... do saco até conseguirem nosso S2, depois disso acabam-se planos, possíveis visitas e até aquelas tão admiradas formas carinhosas que tanto nos despertou para tal sentimento desaparecem....
No início, vou ber em sincera, penei, até chegar a uma conclusão pra todos meus questionamentos. E ainda hoje tem algumas perguntas sem respostas.


Quero de todas as formar ajudar então resolvi colocar aqui minhas impressões.


De uma vez por todas coloquei em minha cabeça muitas condições para entrar de cabeça nessa história, e quando falo isso n estou referindo ao sentimento, pois esse ninguém consegue controlar, mas estou falando coisas que eu teria que fazer e outras que teriam que vim da parte dele. Se tudo acontecesse ai sim eu iria  de alguma formar mudar minha vida, mas sem essas coisas nunca faria isso.
Cada pessoa sabe o que é necessário pra si, e para mim eu não sairia daqui antes de me graduar e estar falando inglês para poder viver em outro mundo. Se rolasse o casório ele teria que vim conhecer minha familia (no caso dele ele poderia vim sim) pois n nasci em um site de relacionamento, depois disso tudo ai sim iria com ele até para o fim do mundo, mas sem isso impossível eu me meter no meio do Pak/Afg sem ao menos ter certeza que ele me trataria bem.


Em relação a comportamentos deles. No meu caso meninas ele é mais novo que eu dois anos, se aqui já é barra ficar com homens mais novos imagina lá, se aqui os garotos tem contato com todas as coisas na adolescência são uns babys, imagina eles que são criados diferentes por serem homens (todas as atenções: mimados no último). O que eu fiz... coloquei em minha cabeça que ainda falta nele ser mais homem, ele pra mim é um garoto, isso justifica a quantidade de meninas que ele conversa, essa necessidade de se sentir o centro das atenções é próprio de homens que querem provar do que são capazes de causar em mulheres. Eu mesma já passei por essa fase de ver quantos eu era capaz de fazer me desejar. 
Crise de ciúmes já dei, e nas duas vezes paguei mico pois realmente eram garotas que eu n precisava temer, e ele ficou estranho depois disso. Agora testo-me sempre, pois ainda sempre uma ou outra faz um comentáriozinho malicioso sabe.... aqui chamaríamos de se oferecendo ou dando em cima, qualquer coisa desse tipo... 
Gente fico chocada com a quantidade de mulher feia e velha que ele tem la.... apesar de que não são muitas, mais tem algumas sim. Isso me deixa mais tranks com meu ego. Eu nesse ponto sou bem resolvida, ele é simplesmente meu no meu consciente, mas no sub, eu bem sei e vcs tbm sabem que na verdade ninguém é de ninguém. Hoje podemos estar aqui passando por isso pq é necessário, mas amanhã tudo pode acabar como na vida real.




Entendo todas que estão nesse momento comprometidas, no meu não foi esse o caso.
Existe sim muito sentimento de ambas as partes, mas não existe aquele compromisso sabe, pois desde o inicio eu sempre deixei meu pé bem fincado na chão. 
Não sei se seria bom para mim mesma se realmente existisse um compromisso, pois eu me conheço bem e meus desejos normais até então pra minha idade n sumiriam da noite pro dia e dois anos é coisa pra krk.....  
No fim do jeito que está, seria o mais sensato a fazer  e influencia-lo de que seria necessário isso até nos encontrarmos. Como não foi preciso, hoje só me incomodo só com a enorme vontade de estar ao lado dele quando bate o desejo, pois estou muito envolvida, mais sei muito bem separar o que é certo e errado pra minha vida.  


Se conselho fosse bom não daríamos, mas já falando eu aconselho sermos sempre realistas. Tudo é muito lindo e cor-de-rosa para algumas por um tempo, para mim o conto de fadas durou dois meses depois me vi em uma situação que requeria ser mais adulta e enfrentasse tudo de frente sem tampar o sol com a peneira e ficar viajando no pais da ALICE..... nem tudo são mil maravilhas....


Vou levar tudo isso com muita dedicação..... a mim.. sempre, só me permitirei a chorar nessa relação se for de desejo, amor, saudades e de sentimentos que não estejam relacionados a planos, casamentos e ciúmes.
Brigar pelo msn ... nunca mais..... imagina DR em namoro presencial já é o Ó, imagina vc nunca o viu pessoalmente e já se acha no direito de discutir sobre isso ou aquilo.. gente.... não dá né..




Bom essa é minha opinião sobre isso... resultados.. sim obtive.. foi depois disso que conheci pessoas da família  dele, como nossa mamaji, seus irmãos mais velhos..... pessoas que sabem de minha existência, que não sou só   
mais uma que existe em sua lista do msn.  Hoje fala comigo todos os dias, nem que seja pra perguntar como eu vou, se tenho alguma novidade e tal.... Isso pra mim é ótimo.... com isso ganho mais tempo pra ver se ele amadurece e até 2012, para começar a planejar nosso futuro se vai ser juntos ou separados.




Não gosto de ver ninguém sofrer por ou de amor........ Penso que sofrer de amor sendo realista é uma coisa, agora se iludir e se decepcionar faz parte da vida e ajuda a crescer. O que não pode deixar é isso virar obsessão a ponto de deixar fazer mal a vc mesma.



2 comentários:

  1. Uma maluca disse...:

    Thais esse post esta ótimo, muito útil pra maioria das meninas...

    Adorei a parte do "pois n nasci em um site de relacionamento" rssrsrs
    Super verdade! Claro que há casos e casos, mas de maneira geral, acho super falta de consideração não se dispor a vir conhecer a familia, amigos, cultura e vida da menina. Simplesmente querer que ela largue tudo pra trás e siga ele, incondicionalmente. É muito egoísmo na minha opinião.
    (mais uma vez, há casos e casos rs)

    Vou deixar um conselho pras suas leitoras...
    Se conhecerem a familia certifiquem-se de que foram apresentadas como a pessoa que ele gosta, a pessoa que ele tem ou pretende ter planos para o futuro. Aqui, se a gente apresentar algum homem na internet pra mãe/pai wathever, já fica subentendido que a gente gosta dessa pessoa de uma maneira diferente... la a dinâmica homem-mulher é um pouco diferente, pode não funcionar assim, quem sabe? Então, não adianta apenas conversar com a familia sendo que fomos apresentadas apenas como mais uma amiga, do tipo: "olha uma brasileira, ela é legal, fala com ela". Não é verdade?

    Sabe, eu acho que deus da asas a quem não sabe voar... confesso que não sei voar amiga... rs
    quem sabe um dia eu aprendo
    :)

    te adoro...

    beijos*
    :)

  1. Thaís disse...:

    Mas hoje em dia.. quem sabe voar.....!?!?
    Deus nos faz passar por situações justamente para aprendermos com elas.
    Umas aprendem na velocidade da luz..... outras precisam relacionar com algum perda e desilusão, mais em relação a sentimentos sempre seremos inexperientes, pois cada pessoa que aparece em nossa vida vem pra acrescentar algo bom ou ruim. E assim nossas asas vão se formando.
    E quem já tem, por algum motivo tem que aprender a usa-las como vc disse, não deixa tbm de ser um processo nda fácil, na maioria das vezes.

    Malu tbm te adoro ...... Bj :***