Assassinato indireto é uma questão de escolha!!!!

segunda-feira, 21 de junho de 2010
Aviso!!!!!   Imagens fortes.... mais isso é necessário ser feito......

Vendo fantástico a pouco decidi falar sobre esse ato tão covarde e absurdo que é o Aborto.
Sim é um assunto muito polêmico e desafiador, mas vou tentar expor meu ponto de vista kardecista dos fatos.
Antes disso tenho que explicar que minha família é toda kardecista a mais de duas décadas, então cresci em meio de palestras e mais palestras sobre esse assunto. Mas para mim a muito o kardecismo deixou de ser uma religião, passei a enxergar como práticas de estudos científicos sobre o que acontece com nossa alma e espírito após a desencarnação.

Antes de realmente postar as fotos vou escrever alguns fatos em que depois de ler sobre, formei minha opinião:


A parte do livro que nos interessa hoje, fala sobre as condições de vida da mãe da personagem que depois de muitos abortos passa por muitas coisas ruins. Sua vida não vai pra frente, ela é alcoólatra, judia muito de sua filha que foi fruto de um aborto mal sucedido.
Sua filha numa má sorte perde o pai que tanto amava, e passar a ter que viver com uma mulher totalmente ausente que nunca fez questão nenhuma de realmente ser mãe, entregando a menina para o pai logo que nasceu. Durante todos esses anos a viu algumas vezes, ou seja, elas não tinham nenhum contado ou amor realmente.
Imagina o tanto que ela sofre no decorrer do livro.
De fato no livro descreve muitas situações que só quem estuda o kardecismo entenderia, então abra sua mente antes de criticar as informações contidas neste post !!!!    
Esta pobre pessoa depois de passar por inúmeros ABORTOS sofria das piores coisas dentre ela vício em drogas e álcool... sem contar que era uma mulher sem pudores, levava qualquer homem pra dentro de casa. Sua filha que até então tinha uma familia normal, viu sua vida desmoronar vivendo em meio a tantas vibrações ruim e atitudes horríveis feitas por sua mãe.
No olhar kardecista das situações, essas vibrações horríveis eram ocasionadas pela presença permanente de seres de dimensões muito inferiores que se alimentavam dos vícios e influenciavam em todas as atitudes daquela infortunada mulher. Suas diversas dores e angústias era provocadas pelos seres de forma não-identificada que se apoiavam  em sua cabeça e ombros. 

Já pararam para pensar em que lugar essas futuras pessoas que foram covardemente assassinadas vão?????
Muitas delas desencarnarão com resgates a serem feitos e uma missão de vida pré destinada a ser iniciada, mas num duro golpe de uma irresponsabilidade por parte dos encarnados, tanto a mãe quanto a pessoa que executa a ação sofrerão se esses mesmo espíritos estiverem em vibrações inferiores, pois sim eles terão o poder de influenciar o funcionamento no decorrer da vida dos mesmos.

Aqui será postado as fotos mais chocantes que já vi sobre isso. Que sirva como uma alerta a esse tipo de ato.

Este bebê de 8 semanas de gestação foi encontrado cortada e esticada em um saco de malha, o aborto foi feito por uma máquina de sucção.


Sucção - Aborto de 10 semanas
Mais de 85% de todos os abortos realizados em Portugal e os E.U. são feitas por esse método. É como o D & C, exceto que um tubo de sucção poderoso está inserido. Isso dilacera o corpo do bebê em desenvolvimento e sua placenta, sucção do bebê (ou seja: o produto da concepção, tecido de sangue) em uma jarra.


                                      
Este bebê negro foi abortado em 11 de maio de 1987, na Avenida Michigan Medical Center, em Chicago, Illinois, pelo "D & E" (por método de dilatação e evacuação). Através deste procedimento "o aborto usa forcepts grande para esmagar o bebê dentro do útero da mãe e removê-lo em pedaços.
Este bebê, encontrado em uma lixeira, em 14 de maio de 1987. 


                                
Vida deste bebê terminou no meio da gravidez, por um aborto em Winnepeg Canadá General Hospital, cerca de 1970. O procedimento utilizado é salina, em que uma solução concentrada de sal é injetada no ventre da mãe. O bebê respira e engole a este veneno. O sal também provoca dor extrema, uma vez que queima a camada externa da pele do bebê.
Segundo uma vítima, "eu tive um aborto por solução salina e senti meu bebê dentro de mim há mais de uma hora." Além dos riscos para a saúde das mulheres, aborto por solução salina provoca nascidos vivos. Nascidos vivos são chamado de "complicação". O Bebê ofegante é, então, deixado sozinho para morrer. 


                                
Essa era uma menina que foi queimada por solução salina utilizada para abortar. Há quatro mil bebês abortados diariamente nos Estados Unidos (uma a cada 20 segundos). O aborto é legal em todos os nove meses de gravidez.

Nós fomos levados a crer que o aborto é a remoção de uma massa de tecido. 
Olhe essa pequena garotinha, ela é mais do que uma massa de tecido. Ela está perfeitamente formada, é um ser  humano! Esta é uma  boa escolha, não???


                                      

Este menino foi um dos vários bebês do terceiro trimestre encontrados em sacos de resíduos fora de um centro médico de aborto legal em Houston, Texas, no final de 1986. Ele tinha 14 centímetros de comprimento, pesava 2 kilos e 200 gramas, de 30 semanas de gestação ....... 7 meses de idade ...... quando ele foi morto. 

Seu cordão umbilical foi arrancado de seu corpo, e também destacado o seu pênis. Seu rosto, pés e mãos foram encontrados branco e sem derramamento de sangue, enquanto o abdômen foi gravemente ferido e ensangüentado.
Ambas as nádegas do bebê foram cortadas fora para garantir a morte por sangramento, e também sugere que quando ele nasceu ainda estava vivo.
Doze laminaria tipo de alga, usada para abrir o colo do útero da mãe, foram encontrados na bolsa com este bebê. Discussões com obstetras e ginecologistas indicam que 3-6 laminaria seria o limite máximo de segurança para colo do útero de uma mulher a suportar, sem danos. 
Outros bebês em decomposição foram encontrados fora do centro, tendo aparentemente sido mantidos por várias semanas antes da eliminação.
Quantas vítimas mais ..... quantos mais?? 


                                



 A cabeça deste bebê foi encontrado em um saco de lixo plástico fora de uma fábrica de aborto em Houston, Texas. Os corpos foram encontrados ali na primavera e no verão de 1987. Em 08 de agosto o aborteiro negou que ele ou sua equipe tinha jogado os corpos dos bebês para fora. Mas três dias depois, encontraram outros corpos  lá novamente. 

Imaginem se já era assim a 20 e tantos anos, imaginem nos dias de hoje. 

Mais de um milhão de abortos clandestinos são feitos anualmente no Brasil. O dado do Ministério da Saúde serve de base para o trabalho realizado pela Frente Parlamentar em Defesa da Vida – Contra o Aborto, presidida pelo deputado federal Luiz Bassuma (PT-BA) e que esteve em Natal participando da Exposição Em Favor da Vida, que acontece no Natal Norte Shopping. Dedicado a instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigue o mercado do aborto clandestino e a venda de drogas abortivas pela internet, o parlamentar conseguiu 220 assinaturas no Congresso Nacional, quando o suficiente seria 170, para agilizar o processo.
"Eu quero apurar porque ninguém faz nada. Mas esse é apenas um lado da questão’’,     
disse. Trabalhando há 17 anos para impedir a legalização do aborto no país e apoiando a Ong Brasil Sem Aborto, o deputado Luiz Bassuma vai de encontro à decisão de seu partido e questiona a não utilização da verba federal existente para prevenir a gravidez indesejada. 
‘‘Basta uma ação complementar a que já é desenvolvida pelo Programa Saúde da Família (PSF), nada mais’’,
 revelou o deputado, dizendo que pretende investigar o destino desse recurso.

Para ele, o principal problema é que o aborto se tornou uma prática rentável para os profissionais que se submetem a realizá-la e não há nada que a impeça de ser realizada. Uma cirurgia abortiva custa cerca de R$ 1 mil às clínicas, mas é cobrado R$ 5 mil por procedimento. Outra questão é a venda de órgãos de fetos, independente da idade, para indústrias, como a de cosméticos, além do financiamento externo para reduzir o crescimento populacional do Brasil e, consequentemente, as chances de desenvolvimento do país.
A questão é que o povo brasileiro está cada vez mais consciente do que é o aborto, como é feito e quais suas consequencências. Em recente pesquisa realizada no país, 90% das pessoas entrevistadas se disseram contra a legalização do aborto. Por isso, a Frente Parlamentar em Defesa da Vida está coletando assinaturas que serão encaminhadas ao Governo Federal para pressionar a votação em definitivo da lei. Cerca de 500 mil assinaturas já foram conseguidas, a meta é chegar a um milhão.

Quero deixar bem claro que sou totalmente contra a isso tudo... principalmente pelo fator espiritual. 
Se cuidarmos bem de nossa alma e espírito nossas vidas serão melhores.
Vivemos em um mundo que mata crianças e em alguns países isso é legalizado.... não dá pra entender...
SINCERAMENTE!!!

10 comentários:

  1. Sugar Girl disse...:

    Ainda aparece mulheres sendo entrevistadas dizendo que aborto é um direito da mulher... Nunca vi isso, matar naum eh direito de ngm... Isso devia ser considerado crime em qualquer país. Um absurdo! Imagina o sofrimento desse ser, sendo cruelmente mutilado até a morte, ou msm queimado com ácidos... pessoas favoráveis ao aborto, pense um pouco nisso...

  1. Concordo com o comentário anterior. Não acho que isso seja um direito da mulher e sim uma estupidez, hoje com tantos metodos para não se engravidar elas continuam deixando isso de lado e acham mais fácil abortar...esquecem que elas podem morrer nesse procedimento. Na hora do "bem bom" (desculpe a expressão) não pensam em nada, mas depois se arrependem e matam crianças, espiritos que precisam dessa chance na Terra. Claro que a outro ponto a ser discutido, os frutos de estupro, sei que não é certo abortar pq foi fruto de um estupro, mas também não sei se seria fácil olhar para um filho e lembrar de como ele foi concebido, esse é um ponto que ainda gera discussão e merece ser pensado e discutido muito. Mas uma coisa é certa, sou contra o aborto quando a mulher por medo, vergonha, ou medo de ser rejeitada não usa camisinha e engravida....em relação a isso vão criar vergonha na cara.
    Desculpa esse desabafo e algumas expressões, mas é que algumas atitudes me indignam e depois de ver essas fotos, por favor...mão na consciência todo mundo, o que está dentro delas não é um pedaço de nada e sim uma vida.
    Algumas coisas me revoltam muito, como maltratar animais, que também são espíritos e não tem como se defender, maltratar crianças e idosos...gente, hoje nada acontece por falta de informação e sim por falta de vergonha na cara...
    Bom fica aqui meu desabafo...essas pessoas que abortam e as que fazem os abortos são tão assassinos quanto qualquer bandido que esteja preso.
    Segue exemplo de uma gata que eu tenho, um animal que as pessoas dizem que são irracionais mas não acho que sejam, pelo contrário acho que pensam mais que a gente e tem mais sentimento que muitas pessoas, ela teve uma ninhada onde um dos filhotes nasceu com uma parta totalmente torta e sem dois dedinhos na outra, pela lei da natureza que não nos cabe julgar, ela teria matado ele por ser "defeituoso", infelizmente até eu estava esperando isso, pq por mais que a gente queira interfirir ninguém muda a lei da natureza, mas não, ela cuida dele como cuida dos outros, leva ele de um lado para outro, da de mamar e ama esse bichinho como os outros filhotes da ninhada, se fosse com os humanos, algumas mulheres que não pensam quando visse em uma ultra que seu filho tem um defeito iriam recorer ao aborto.
    Pensem...filho não é uma boneca que a gente guarda quando não quer mais, se não quer engravidar se cuida, vergonha não é pedir para o namorado, ficante, seja lá o que for, usar camisinha e sim descobrir depois que tem uma vida dentro de si e tirar ele como se fosse algo que não presta.
    Desculpa pelo longo desabafo, mas adoro teu blog e sempre leio mas nunca tinha comentado.

  1. Thaís disse...:

    Amei seu comentário....
    Apareça mais vezes !!!

  1. Aiiii... Thaaa, realmente é tao forte que agente ve e nao consegue acreditar. Eu tenho muito contato com a area da saude todo dia vejo de tudo e ta é muito ruim ve uma pessoa em um vidro de formol. Eu ate tento ser forte mas ai voce fica pensando e nao chorar acana sendo impossivel.
    Pra mim nada justifica matar uma pessoa, e ainda mais seu proprio filho, isso nao é dereito de mulher nem de ninguem como diz o comentario acima. Nao posso julgar e só sabe o que leva a uma atitude dessas a pessoa que ja passou por isso, porem pra mim aborto nao é a melhor coisa a se fazer seja la em que situação for. Tirar uma vida é muito grave, é crueldade desumano mesmo. Só DEUS pode fazer algo numa situação dessas porque eu dificilmente perdoaria =\



    Bjuuuu
    Fica com DEUS =]

  1. Ma disse...:

    Thais, eu sou a favor.
    Acho que é uma decisão pessoal, afinal, temos o livre arbítrio.
    Concordo com o que disseram, temos vários métodos contraceptivos e também acho uma tremenda babaquice das pessoas que não se cuidam e tomam uma decisão dessas.
    Mas, há vários, vários outros motivos pra uma pessoa querer interromper sua gravidez. Pode ser que hajam outros caminhos (cada caso é um caso), mas é uma decisão pessoal e muito intima.
    Se a pessoa optar por isso, vai ter que resolver depois, vai arcar com as conseqüências querendo ou não, sabendo disso ou não. Aqui se faz, aqui se paga, não é por isso que reencarnamos?
    Mas, a gente só reencarna quando estamos aptos para isso. Antes de nascer, a pessoa ainda não é reencarnada, então, nada acontece com o espírito dessa futura criança. Ele continua no plano espiritual com a forma que tinha na ultima vida.
    Os espíritos obsessores nada tem a ver com essas crianças e sim com as atitudes dessa mulher. E essa mulher será um deles quando morrer caso não receba instruções e encaminhamento ainda em vida, ou não aceite a ajuda que será oferecida quando fizer a passagem. E continuará assim até que aceite receber ajuda.
    Quanto a filha, quem pode dizer que esse não era seu carma? Que ela não tinha que passar por isso pra aprender e depurar seu espírito? Afinal, todos passamos dificuldades para aprendermos com elas e evoluirmos.
    Acho que o grande número de abortos mal sucedidos e morte das mães em decorrência disso se deve justamente a ilegalidade do procedimento. E esse é um dos motivos pelos quais eu sou a favor.
    Sobre os números que você achou, eu não sei não, as fotos mesmo, são datadas de 20 a 40 anos atrás.
    Pelo que eu sei, nos países em que a prática é permitida, isso ocorre por outros métodos atualmente, como ingestão de drogas. Veja bem, não estou falando que isso faça do ato melhor, e sim, que não é mais desse jeito. Sobre ser permitido durante os 9 meses, eu não sei, não tenho informações se isso realmente procede, mas, também não acredito. Pelo que sempre soube, tem um limite de semanas, até porque, é inegável que o feto sofra devido a formação dos tecidos nervosos. Lembrando que somos todos animais, ao meu ver, é tão traumático quanto seria com qualquer outro animal.

  1. Ma disse...:

    Ah, completando...
    Não concordo quando é praticado como meio de planejamento familiar, descuido, inconseqüência, etc. Até pq DSTs né? Cadê a responsabilidade com o próprio corpo.
    Segundo o espiritismo, animais não tem espírito. Por mais racionais e amorosos que demonstrem ser, é explicado como extinto.

  1. Thaís disse...:

    Oie maluuu !!!!

    Que bom que demonstrou aqui seu ponto de vista.... isso foi importante!

    A história em questão foi uma pequena demonstração do mal que nos pode acontecer quando tomamos o caminho em que fará mal ao nosso espírito, sim é possível reencarnar sem estar preparado...... no kardecismo com eu disse e acredito como ciência existem vários pontos de vista, muitos livros falando sobre milhões de assuntos, não podemos então afirmar com certeza absoluta se animais tem ou não espíritos ou qual o momento exato em que a matéria recebe o espírito (encarnação).
    A meu ver os animais irracionais são seres inferiores e os animais racionais (seres humanos) são uma evolução do espírito.
    No meu ponto de vista já é vida a partir do momento da fecundação pois o espírito já esta destinado a encarnar naquele corpo material com todas as coisas pré determinadas pelos resgates e carmas já estabelecidos pelo próprio espírito em questão.
    Sim reecarnação e suas vitórias e derrotas já estão estabelecidas bem antes de o bb nascer. Com isso o espírito busca a evolução e a iluminação.

    Eu condeno esse ato feito por meninas que mesmo tendo todas as informações disponíveis agem sem qualquer comprometimento com o corpo e a alma.

    Convivi no Rio de Janeiro na época que eu morei lá com um alto índice de garotas com menos de 23 anos que praticaram esse crime, e algumas já tinham o feito por duas a três vezes.

    É amiga infelizmente os procedimentos não mudaram, pelo o que eu saiba os mais usados são a sucção por procedimentos cirurgicos e ingestão de remédios abortivos que causam abortos naturais.

    Esses procedimentos são feitos em uma clinica clandestina em Copacabana exatamente na Rua Figueiredo de Magalhães, porque eu sei de todas essas informações, pois eu convivi na época com uma amiga que já tinha tido um filho com 17 anos e criou ele sozinha. Casou novamente, mas nunca se prevenia e engravidou novamente, não tendo condições financeiras resolveu abortar e o marido apoiou, pois o mesmo já tinha dois filhos com a primeira esposa. Eu acho ela totalmente irresponsável. Sua vida não é nada fácil, não consegue sair de muitas situações que passa.

    Se não quer um filho .... então minha querida se previna, pois a censepção é algo enviado por Deus e ele nos deu o livre arbítrio de escolha para poder aguentar as consequencias.

    ABORTO É CRIME - ASSASSINATO DE INCAPAZ.

  1. Mari disse...:

    Oi Thaís, olha só...eu não consegui ler o texto pq as imagens me chocaram mesmo :((( Mas eu percebi do que se trata, e sabe, eu não sou a favor do aborto, sabe...

  1. Ma disse...:

    Bom, pelo menos foi isso que me foi ensinado na catequese espírita que fiz dos 6 aos 15 anos.
    Sim, espiritismo não é uma religião propriamente dita, como o nome mesmo já diz, é uma doutrina. Até por isso eu me identifico tanto, acho muito mais racional que as demais.
    Ela vai sofrer as conseqüências dos seus atos sim, assim como todos nós pra tudo o que fizermos. Nada fica impune.
    E sim, o espiritismo condena isso como qualquer outra vertente religiosa, mas, eu não preciso de uma religião pra decidir o que eu acho certo e errado pra mim e sobre o mundo.
    Sou a favor sim, para todas as causas que não sejam a irresponsabilidade do casal.
    E certamente todas as pessoas envolvidas durante o processo arcarão com as conseqüências. Do mesmo jeito que acontece com todos nós, pois nada fica impune nesse mundo. Mas, se a pessoa é detentora do livre arbitreo é para que ela aprenda e evolua com as decisões tomadas por si. A gente só vem ao mundo com algumas situações que teremos que enfrentar, não com as vitórias e derrotas e sim com algumas provações. São com as decisões que tomamos durante vida sobre ela que ajudará na nossa evolução...
    beijos.

  1. Thaís disse...:

    Tbm fui evangelizada dos oito até os 14 e depois estudo para adultos... Cada ser humano tem uma forma para passar seu conhecimento, isso acontece tbm com nossos professores que muitos são bons e outros tbm mas n sabem passar o conhecimento adiante.....
    o que eu quero dizer com isso é que durante um tempo somos influenciados, após essa etapa nós somos responsáveis no que acreditamos, em que acreditamos, como e quando acreditamos.... sim muitas das conclusões que cheguei foi lendo e dentro de mim entendendo dessa forma.
    Assim com certeza foi e será com muitas pessoas que tem seu ponto de vista.
    Fato que formei lendo sobre, não foi do nada e muitas das conclusões foram espelhadas no livro dos espíritos que esse tem respostas para todos os questionamentos só faltam ser cientificamente comprovados.

    BJussss