Com sempre......... minha cabeça a mil por hora!!!!

sexta-feira, 25 de junho de 2010


Durante essa semana aconteceram muitas situações que sempre quis, a muito tempo espero, mas quando aconteceu eu reagi de uma forma inesperada meu coração ficou apertadinho tadinho.. cheio de coisas na mente.

Não estou falando de dúvidas... isso eu n as tenho......... mas de medos... inseguranças....familia.... amigos .. blá blá blá.........
As coisas poderiam ser mais fáceis, brandas........ ele poderia morar mais perto...... ser menos fechado ... se abrir mais comigo. Ontem consegui uma façanha...... Jan soltou o verbo falou o que pensa.... sobre o que realmente quer... e principalmente o que sente....... isso pra mim é o principal.. daí que vou saber até onde esse sentimento pode trazer ou levar ele.

Bem para todos os questionamentos que haviam em minha mente a respeito do que ele quer ontem se acabaram.
Me disse com todas as letras qual é o seu problema... o que acontece !!!

TUDO gira em torno de seus medos, pessimismo..... aff me dá vontade de dar um murro nele... quando me vem com essas coisas......

you know sometime i think that i love you more then any one, but when i see you are far then stop love
Você sabe que em alguns vezes eu penso que eu amo você mais do que qualquer um, mas quando eu vejo você tão longe, eu paro o amor... 
Agora me falem como uma pessoa pode parar o amor?????? Ultra mega sem sentido papo de adolescente.... afinal..... só tem tamanho o homem, não existe isso de parar o amor, penso que ele tentou dizer que tenta não me amar,  i'm so sorry for u baby...... tem coisas que não controlamos... Essa semana ficou visível que necessita de minha presença.

Sim... na maioria das vezes ele é fechado, frio.... não sabe usar as palavras, mas eu o entendo, cada um tem sua forma de demonstrar o amor que sente do jeito que sabe. Muitas das situações ruins que ja passei foram justamente por não saber aceitar a forma com que as pessoas podem te amar, e isso não significa que ela n te ame, mais ama da forma que sabe. Já sofri com vários tipos de amor, de relacionamentos anteriores, com o amor de familiares... e assim por diante... Temos que simplesmente perceber e aceitar que todos somos seres diferentes, que pensamos diferente e amamos diferente.
Imagina... com tantas diferenças culturais.. é normal que a forma de amar dele seja diferente da minha, isso ta no pacote...... Desde do o início eu já tinha percebido que esse negócio de ficar dizendo I love u é banal... ou   seja, sentem os hormônios invadindo o corpo e já acham que amam.

Vou falar mais uma vez...... sei que muita gente tem pensamentos diferentes do meu, mas nessa situação que eu escolhi, sabia que não seria fácil em nenhum sentido e ouvindo sempre "you are my dream girl but far" e " you are so far"... tende a piorara as coisas..... mais eu n deixo a peteca cair nunca. No meu lugar muitas já teriam desistido dele a meses pois realmente não é nada fácil e não é só pelo fato cultura, diferença de língua, costumes, roupas e etc, tem o quesito pessoa, suas visões e o seu próprio eu. Eles não têm a mesma forma, são todos diferentes, alguns mais religiosos que os outros e isso também faz muita diferença na forma de tratamento e respeito.

Por exemplo, Jan é muito religioso, mais da sua escorregadas e mesmo eu não tendo estudado nem 1/3 sobre o islã, sei que ele como ser humano erra. De alguma forma isso pesa pra mim, mas tenho que levar em consideração sua idade e maturidade, posso mais tarde até me surpreender quando o encontro acontecer e passarmos um tempo juntos, mais por agora ele pra mim ainda continua sendo um baby que dá conta de suas responsabilidades mas que em alguns momentos tem seus deslizes e peca como todo ser humano, principalmente na idade dele.

Agora queria pedir encarecidademente se por aqui passar alguma companheira casada, me falem da experiência de deixarem tudo e todos para trás e se embrenhar em uma outra vida. PLZ help me !!!

4 comentários:

  1. Gori disse...:

    Oi amiga!!
    Bom vou dar meu parecer...

    Tomar a decisão de mudar de país, ir para o outro lado do mundo, num país com cultura, costumes e religião diferentes pode não ser fácil.

    Claro que tem países que são mais fáceis.
    Embora tenha muita coisa diferente por aqui, Dubai por exemplo, ainda assim é uma cidade ocidentalizada... fácil de se ambientar.

    Isso conta muito no quesito adaptação.

    Deixar família e amigos para trás é doloroso.
    Assim como sofremos com um amor à distância durante tempos, também sofremos com a família distante.
    A rotina continua - emails, webcam, msn e por ai vai...

    Mas por mais que doa, no fundo, temos que fazer uma escolha.

    E se a escolha for, ficar junto da pessoa que você ama... esteja preparada para enfrentar os problemas de adaptação. E como vc disse, aceitar as diferenças é fundamental!

    Sem isso, um relacionamento inter-cultural já era.

    Não é fácil "começar" a sua vida estando longe do apoio familiar. Porque somente tu tomará as decisões e fará as coisas por ti mesma.
    A única pessoa em que poderá contar é o seu marido - que obviamente não medirá esforços.

    Ah.. outra coisa...
    Em determinados momentos, você se distanciará de sua família.
    Digo isso porque em determinadas situações eles simplesmente não vão te entender.
    Você estará inserida em costumes, religião e cultura diferente. Você terá conhecimentos diferentes, idéias diferentes.
    Eles não entenderão e você não contará com o apoio que busca.

    Nessas horas é que aparecem as amigas que passam por situações similares...
    E, por mais que não estejam presentes no mesmo lugar, valem ouro!

    No final das contas, particularmente, não me arrependo de absolutamente nada!
    Enfrentei tudo, busco sempre aprender coisas novas, entender, ver com outros olhos.
    Sei que posso contar 100% com meu marido e isso me basta.
    Sinto uma falta danada da minha família, mas eu fiz o que devia.
    E sou muito feliz.

    Claro que o amor é o principal, mas muitos fatores externos podem influenciar...
    Se você for morar num local ruim, não vai gostar.. e a partir de um tempo problemas virão.. e por aí vai.
    Cabe a ti tomar a decisão que te parece certa - só você sabe o que é certo - e fazer tudo o que está ao teu alcance para ser feliz.
    :)

  1. Thaís disse...:

    Sim.....

    Nosso tempo de espera é grande ainda...
    Tenho que terminar minha facul... isso só acontece no final do ano que vem, mas planejamos de nos ver.

    Sei que com o tempo as coisas vão ficando ainda mais firmes...

    Na minha vida muitas coisas não fazem mais sentido sabe...

    Nossas diferenças contam muitoo, ele tem consciência disso, o mundo que me espera não é uma mundo ocidentalizado... já sei que muitas dificuldades estarão junto comigo, poderia fazer uma lista com as coisas que provavelmente me deixariam em mals lençóis... pois conta de costumes e alimentações.

    Pretendo ir nas minhas próximas férias em janeiro, tenho seis meses pra me programar, juntar dim dim, passaport que nem tenho ainda, visto.....

    Queria que ele viesse primeiro, já tentou arrumar tempo duas vezes e sem sucesso, formou ano passado e trabalha muito.... será bom eu ir conhecer todas as coisas.

    Fico apreensiva pois n é uma decisão que afeta só a mim, envolve familia sabe, por isso que fico assim tensa com os rumos dos acontecimentos.

    MAs que seja como Deus planejou....

  1. Thaís disse...:

    Isso de ter amigas pra trocarem informações.. é o máximo.... fico aqui pensando o que seria de mim, se não tivesse conhecido voces... tadinha era capaz de fazer muitas bobagens, se já pago uns micos de vez em quando.. isso seria diário..

    Ainda bem que vcs estão por aqui!!!!!

  1. ❧Stéfani❧ disse...:

    rsrs... Adorei o post e também a dica da dona Gori. Muito legal os comentários. Servirão igualmente para mim.

    Olha Thaís, toma cuidado com o inglês.
    Como você disse o idioma complica muitas vezes. Eu e meu pak no início sempre interpretávamos um ao outro erroneamente. Talvez seu afegão quis dizer que de longe fica mais difícil. (td mundo sabe) rsrs
    Eu acho que ele não quis dizer "parar" o amor. Bom, é isso.

    A cada dia você posta coisas mais legais. Beijos querida.